L I P

Laboratório de Instrumentação e Física Experimental de Partículas

L I P

L I P [PARTICLES AND TECHNOLOGY]

O laboratório de materias cintilantes foi criado no quadro da participação na experiência ATLAS, para apoiar o desenvolvimento e construção de detectores. A sua actividade centra-se na caracterização de cintiladores plásticos e de fibras ópticas transparentes, cintilantes e wavelenght shifter (WLS).

O LOMaC resultou de uma colaboração com o CFNCUL (Centro de Física Nuclear da Universidade de Lisboa), onde foi instalado. O laboratório foi usado para seleccionar cintiladores e fibras WLS resistentes à radiação para o calorímetro TileCal de ATLAS, bem como para a preparação em massa e controlo de qualidade dos conjuntos de fibras WLS usados no calorímetro.

Aquando da selecção das fibras WLS para o TileCal, o laboratório contribuiu ainda para a construção do STIC, monitor de luminosidade da experiência DELPHI, realizando as selecção, aluminização e controlo de qualidade das fibras WLS. Mais tarde, foi pedido à equipa do LOMaC que contribuísse para o detector de luminosidade de ATLAS, o ALFA, ocupando-se da preparação de fibras cintilantes com um diâmetro muito inferior, e para RD52/DREAM, um projecto de desenvolvimento de um calorímetro de fibras incluindo também fibras ópticas transparentes. Neste laboratório foram ainda testadas fibras transparentes para os sistemas de calibração do TileCal e da experiência SNO+.

O LOMaC está equipado para o teste e preparação de cintiladores, fibras ópticas, fotomultiplicadores e electrónica relacionada. A montagem principal de teste permite a caracterização de fibras WLS ou cintilantes em grandes quantidades, com suportes que podem acomodar até 32 fibras de uma vez. Nesta montagem existe uma fonte radioactiva de 90 Sr que pode ser usada directamente para produzir luz em fibras cintilantes ou acoplada a um cintilador que será a fonte de luz. Existem ainda montagens para o teste de cintiladores de fotomultiplicadores, bem como instalações para a preparação e aluminização de fibras ópticas de plástico com comprimento até 3 m.

Amélia Maio
Lisboa
Investigadora

João Gentil
Lisboa
Investigador

Luís Gurriana
Lisboa
Técnico

Luís Seabra
Lisboa
Técnico

Ricardo Gonçalo
Coimbra
Investigador

Rute Pedro
Lisboa
Investigadora

Address

Contacts


Send me a message/comment

Logos institucionais


    Parceiros
  • Co-financiado
    Co-financiado


Política de cookies

Este site utiliza cookies, com o objetivo de melhorar a sua utilização. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.


Laboratório de Instrumentação e Física Experimental de Partículas   LIP.PT

Window-Size
// User: carlos@lip.pt EDITAR GUARDAR